terça-feira, 3 de abril de 2012

O mal do século

Um dia desses, tive a brilhante idéia de ligar a TV para ver o que a mesma tinha a me oferecer. Eu, como detesto assistir televisão, fiquei zanzando feito um homem de canal em canal. Nada prendia a minha atenção. Quando estava prestes a desligar, chazan: ouço uma apresentadora anunciando em seu programa a participação de um endocrinologista, o Dr. Filippo Pedrinola. 

Sábado chuvoso, unhas a fazer, de frente para uma TV: Vamos ver o que esse Dr. tem a dizer. Conversa vai, conversa vem, ele dispara a queima-roupas: 'A autoestima é o sistema imunológico da consciência'. Um tempo depois, acabou o quadro e desliguei o aparelho. Continuei minhas tarefas. Enquanto isso, a frase do tal Dr. martelava na minha cabeça. Quanta força havia naquelas palavras. Como elas mexeram comigo.

Sem o equilibrio emocional, quem somos? Um carinha rico e infeliz. Uma professora capacitada e desestimulada. Um psicólogo desesperado. Uma pessoa com saúde e angustiada. Um profissional inseguro. Um nada. Quando deixam uma brecha, é ali que o mal do século faz a festa: a depressão.

Nenhum comentário: