terça-feira, 23 de março de 2010

Simplicidade

Outro dia, no meio da aula, uma colega de classe disparou:

- Você é a pessoa mais simples que eu conheço"
 

Eu, de normal que sou, recebi isso como um elogio. Confesso que quando o assunto é vaidade (leia-se maquiagem, enfeites, penduricalhos, última moda ou afins) fico boiando um pouco. Talvez porque eu ainda abomine a possibilidade de levantar bem cedinho só para dar tempo de passar um quilo de maquiagem no rosto. Que me desculpe os adeptos disso, mas essa não é a minha praia. Contento-me em ter os cabelos nos trinques, a depilação em dia, andar perfumada e com as unhas feitinhas. Sou muito criticada por isso. Você liga? Nem eu.

Primeiro porque me sinto uma palhaça quando maquiada. Segundo porque minha caminha fofinha é muito mais preciosa do que a imagem - neste caso, artificial - que os outros vão ter de mim. E terceiro porque meus valores são muito mais importantes do que um rostinho de boneca, bonitinho como manda o figurino.

Seja você mesmo!


Nenhum comentário: