sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Universo Feminino



Sempre gostei de ler. Leio livros, revistas, jornais, panfletos e até rótulos de shampoo.  Gosto mais ainda de escrever. Nas palavras de Lispector: Escrevo por profundamente querer falar.  Ninguém melhor que o papel para ouvir meu desabafo.

Ontem eu estive relendo o livro Porque os homens mentem e as mulheres choram e um trecho me soou familiar. O mesmo diz que as mulheres acumulam pontos em relação aos homens durante longos períodos e nunca os esquece. A mais pura verdade. Vamos citar aqui um exemplo. O homem quando enche sua parceira de presentes, lembranças e agrados pensa que está com 10 no conceito de homem ideal. Quando na verdade ganhou uma nota 5 por esses feitos. Não sabe ele que a maioria das mulheres não se deixam comprar por tais atitudes. Eu sou assim.

Enquanto o homem se mata para comprar a bolsa mais bonita, o vestido mais caro, a calça mais sexy para a querida - acreditanto na idéia de que isso acrescentará no seu conceito - as mulheres esperam mais. Ou seria menos? Menos homens materialistas, menos homens que gostam de impressionar, menos homens insensíveis. Nós mulheres damos valor aos mínimos detalhes. Esperamos mais afeto, mais compreensão, mais dedicação, mais atenção, mais palavras de carinho, mais ternura e mais sensibilidade. É uma pena que a maioria dos bonitões não saibam disso.

E você, meu bem, que estiver lendo esse texto pense um pouco nessa questão. Quem sabe você não se encaixa nesse perfil citado acima e jamais pensara nessa hipótese? A mulher sente a necessidade de ter seus valores reconhecidos através de palavras e não de presentes. Faça o teste: passe a tratá-la com carinho, ligue para dizer que a ama quando ela menos esperar, apareça sem avisar, deixe bilhetes espalhados, diga a ela o quanto ela é importante. E você verá a alegria de viver estampada no rosto dela. Vá em frente.

Nenhum comentário: